Boeing 737 MAX 8-200 Ryanair
Foto: John Ballantyne / Simple Flying

(Reuters) – A Ryanair, que atualmente é a maior cliente europeia do Boeing 737 MAX, poderá encomendar em breve a maior variante da família de aeronaves de corredor único segundo o diretor financeiro da companhia aérea.

A companhia aérea low-cost iniciou recentemente as operações com o 737 MAX, e a única empresa atualmente a operar a versão de alta densidade do modelo, chamada de MAX 8 200. Atualmente são 210 encomendas firmes para o avião, o diretor  financeiro deixou em aberto a possibilidade de encomendar a maior versão para 230 passageiros. 

“Talvez no final do ano façamos alguma coisa. Talvez não. É tudo baseado no preço. Se o preço estiver certo, estamos interessados, mas é um período posterior ao FY26, então não estamos sob pressão de tempo”. Disse Neil Sorahan para a Reuters. 

O CEO da empresa, o executivo Michael O’Leary, reforçou que a companhia poderá negociar com a Boeing a compra do 737 MAX 10 no final do ano porém segundo ele os valores teriam de ser negociados. 

“Achamos que o MAX 10 é uma grande aeronave, mas você sabe que somos muito disciplinados na Ryanair, só faremos pedidos quando acharmos que o preço está certo”. Disse o CEO.

O 737 MAX 200 tem como base o 737 MAX 8, utilizando praticamente a mesma fuselagem da versão já certificada. Contudo, o interior da aeronave tem uma configuração de alta densidade, com algumas alterações operacionais.

O avião também utiliza como base uma versão de alto peso máximo de decolagem do 737 MAX 8. Com MTOW de 82,2 toneladas.

A intenção da Ryanair é diminuir o custo de transporte de cada passageiro, de forma a diminuir em 20% na comparação direta com o 737-800 da companhia, que tem capacidade para 189 passageiros, mas pertence a uma geração anterior.

A companhia aérea low-cost espera receber mais doze aeronaves, sendo seis com a pintura Ryanair e outras seis para a sua subsidiária Malta. As duas são as únicas clientes do avião de alta densidade até o momento. 

DEIXE UMA RESPOSTA