Rayyan Air vai operar um Boeing 777 da PIA para voos de cargas

Foto - PIA/Reprodução

A companhia aérea cargueira do Paquistão, Rayyan Air fez um acordo com a PIA para utilizar alguns de seus Boeing 777. O acordo prevê a utilização da aeronave na rota da cidade chinesa Urumqi e Islamabad.

Durante 4 meses ficará sob operação da Rayyan Air em voos exclusivamente cargueiros, tendo capacidade para transportar até 52 toneladas de cargas. Essas aeronaves estão sem voar há algum tempo desde que a pandemia de Covid-19 chegou e inviabilizou muitas viagens desde então.

A partir do Paquistão a aeronave irá exportar frutas para a China. A PIA em comunicado, confirmou o contrato firmado com a Rayyan Air, além disso esta será uma das formas da companhia gerar algum lucro. A companhia possui certificado para operar voos charter de passageiros e de cargas.

Essa autorização para operar o 777 como um voo da Rayyan Air, mas na verdade operando um serviço que a PIA deveria realizar, é devido aos recentes bloqueios que os países estão impondo às companhias aéreas do Paquistão. Isso ocorreu após uma investigação, depois de um gravíssimo acidente, revelar que boa parte dos pilotos tinha habilitações falsas.

DEIXE UMA RESPOSTA