Ryanair vai pedir mais aviões 737 MAX e espera resposta da Boeing

Ryanair 737 MAX
Boeing 737 MAX 200 nas cores da Ryanair.

A Ryanair fez uma oferta para uma nova encomenda de aviões Boeing 737 MAX, porém esta só deve ser finalizada a partir do retorno do mesmo aos voos comerciais, algo programado pela própria fabricante para acontecer em meados de 2020.

Atualmente a Ryanair possui 210 encomendas para o 737 MAX 200, uma versão do MAX 8 para levar 197 passageiros a bordo. A nova encomenda da companhia, de acordo com o CEO Michael O’Leary, é para uma quantidade não revelada de aviões 737 MAX 10, que tem capacidade para 230 passageiros.

“Já estamos discutindo com a Boeing. Temos uma oferta em cima da mesa para um pedido de novos MAX 10, que é um avião de 230 assentos”, disse O’Leary.

“Esperamos reapreciar o pedido para o (MAX) 200 que já temos e esperaríamos estabelecer ou acordar um acordo com a Boeing em novas aeronaves logo após a resolução do retorno ao serviço”, disse O’Leary.

“A Airbus agora tem 12 e 18 meses de vantagem sobre a Boeing em termos de pedidos de aeronaves, e a nova equipe de gerenciamento da Boeing precisa recuperar essa liderança e o ponto de partida deve ser o maior cliente existente, que é a Southwest e a Ryanair”, disse ele, referindo-se às grandes companhias como “sustentadoras” do programa 737 MAX no futuro.

A Ryanair divulgou recentemente que seu acordo de compensação com a Boeing devido ao 737 MAX seria com base em descontos, para a compra das suas aeronaves. Nenhuma das empresas divulgaram os valores envolvidos nos acordos.

 

Com informações de Reuters.


 

DEIXE UMA RESPOSTA