T-7A Red Hawk - Foto: Boeing

A Saab iniciou a produção de montagem para o treinador vançado T-7A Red Hawk. O projeto é com parceria com fabricante norte-americana, Boeing.

A empresa sueca diz que está produzindo sete seções de fuselagem traseira em Linköping, na Suécia, que serão submetidas à montagem final na fábrica da Boeing em St. Louis, Missouri.

O futuro trabalho de produção da Saab será realizado em West Lafayette, Indiana. A Boeing, que atua como contratada principal do T-7A, e a Saab fizeram parceria no programa.

T-7A Red Hawk- Foto: Boeing

“Em pouco mais de um ano desde que assinamos o contrato de [desenvolvimento de engenharia e fabricação], estamos iniciando a produção de nossa parte do jato T-7A”, diz o executivo da Saab, Jonas Hjelm.

“Essa conquista é possível devido à grande colaboração entre a Saab e a Boeing, e é uma honra fazer parte desse programa para a Força Aérea dos Estados Unidos”.

A Boeing ganhou um contrato de US$ 9,2 bilhões em setembro de 2018 para fornecer à USAF 351 aeronaves T-7A, 46 simuladores e equipamento terrestre associado. O serviço está substituindo sua frota de Northrop T-38C Talons que começaram a entrar em serviço em 1961.

Fonte: Flight Global


DEIXE UMA RESPOSTA