Boeing/SAAB TX-Foto/Divulgação-Boeing

A empresa sueca SAAB irá abrir uma unidade de fabricação localizada em West Lafayette, no Discovery Park District, afiliado à Purdue University, em Indiana. Nesta nova unidade irá se concentrar a fabricação do jato avançado de instrução T-X, aeronave que será construída em conjunto com a fabricante norte-americana Boeing.

A partir de 2020 começará a construção. A Saab disse que destinará cerca de US$ 37 milhões para o desenvolvimento. Em última análise, a nova instalação irá criar até 300 postos de trabalho. A princípio a nova unidade irá produzir estruturas e peças do jato T-X

“Este é um momento histórico para a Saab”, diz o diretor-presidente da SAAB, Hakan Buskhe.

SAAB/ Boeing T-X. Foto/Divulgação John Parker, Boeing

“Após cuidadosa consideração, escolhemos West Lafayette, graças à liderança visionária do Estado de Indiana e da líder mundial da Purdue University. O anúncio de hoje faz parte de nossa estratégia de crescimento nos Estados Unidos e aprofunda nosso relacionamento com o cliente dos EUA. Nós vemos grandes possibilidades aqui para esta facilidade e nossas parcerias”, completa Buskhe.

A USAF planeja comprar 351 unidades do T-X e assim substituir seus treinadores atuais Northrop T-38 Talon.

Na foto o primeiro T-X em voo em 2016- Foto: SAAB

A Boeing, como dito, também está no projeto e ficará a cargo da empresa norte-americana a fabricação final dos jatos T-X, na fabrica em St Louis, no Missouri. A Boeing prevê que até 2.600 exemplares, que podem ser usados na USAF e comercializados pelo mundo.

Duas aeronaves T-X já realizaram o primeiro voo, ambas nos EUA. A primeira em 2016 e a sengunda em abril de 2017. Entre 2017 e o final de 2018 as aeronaves já realizaram ao todo 71 voos de testes.