Gripen E- Foto: SAAB

A SAAB divulgou um vídeo mostrando uma caracteristicas dos caças Gripen, que a decolagem em pistas cutas, o novo vetor de defesa aérea do Brasil e da Suécia precisa de apenas 500 metros para decolar.

No vídeo postado pela fabricante do caça é possível notar o quão rápido o caça alça voo, após acelear seus motores.

Outra questão a se notar na imagem é a capacidade do caça operar em vários climas diferentes, o primeiro Gripen E do Brasil, por exemplo, operou no clima frio da Suécia e agora está realizando testes em meio ao clima tropical do Brasil.

Gripen Brasileiro:

FAB Gripen E
Gripen F-39 sobre o Rio de Janeiro-Foto/Divulgação: SAAB

O novo vetor da FAB está no Centro de Ensaios em Voo do Gripen, localizado na planta da Embraer, em Gavião Peixoto (SP). 

Em Gavião Peixoto o Gripen E vai continuar os testes iniciados na Suécia, isso porque nesta cidade no interior paulista funciona um dos departamentos do Gripen no Brasil, que é coordenado pela SAAB e pela Embraer.

O Gripen F-39E está realizando vários testes para ganhar sua certificação, recentemente foi iniciado os ensaios de voo supersônico do caça, a aeronave tem como propulsor um F414-GE-39E.

Gripen F-39E pousando em Brasília-DF

A FAB terá 36 unidades do caça que ficarão sediados na ALA-2, em Anápolis-GO. Serão 28 da versão E (monoposta) e 8 da versão F (biposta). A previsão é que as quatro primeiras unidades operacionais cheguem no final de 2021.

Dos 36 caças 13 serão produzidos na Suécia, oito começam ser produzidos na Suécia e são finalizados no Brasil e por fim 15 serão totalmente construídos no país.