FS2020 Saab Stealth Gripen Suécia
Imagem conceitual do projeto FS 2020 da Saab. Via Gripen4Canada/Saab.

A Saab foi contratada pela Administração Sueca de Material de Defesa (FMV) para o desenvolvimento futuro de aeronaves de caça. O contrato, de aproximadamente 250 milhões de coroas suecas, inclui estudos sobre futuras capacidades de combate aéreo.

De acordo com a Saab, que anunciou o contrato com a FMV nesta quarta-feira (01), o estudo é de natureza preparatória e seu objetivo é ampliar o trabalho sobre como as futuras capacidades aéreas de combate podem ser desenvolvidas e realizadas.

“Estou muito satisfeito por termos recebido este pedido, que permite o desenvolvimento de capacidades futuras”, disse Jonas Hjelm, vice-presidente sênior e chefe da área de negócios Aeronáutica da Saab.

Gripen E saab meteor iris-t mísseis
Gripen E sueco voando com quatro mísseis Meteor e dois mísseis IRIS-T. Foto: Saab

“Isso significa que podemos intensificar nosso trabalho para desenvolver novos conceitos, tecnologias e outros esforços necessários para alcançar capacidade operacional relevante e que prepararão o futuro para as tecnologias de caça da Saab.”

No passado a Saab revelou que estava trabalhando o projeto FS 2020 (Flygsystem 2020), um caça de 5ª Geração com vistas a uso interno e venda para outros países, mas não há novidades sobre este projeto. 

Além disso, a Suécia também é parceira do Reino Unido e Itália no programa do BAE Tempest, um caça de 6ª geração. O projeto britânico também visa o desenvolvimento de futuras tecnologias e capacidades para aeronaves de caça do futuro.