Foto - Infraero

Nesta última terça-feira o secretário de Turismo da Bahia, José Alves, declarou como espera melhorar a atratividade turística do estado em alguns pontos.

De acordo com José a estratégia do estado inclui a aviação no pacote, além de melhorar a infraestrutura de várias cidades para elevar de 117 para 150 os municípios adequados ao turísmo.

Sobre a expansão da malha aérea, José Alves mostrou que, até julho, a Bahia passará de 23 para 31 frequências internacionais regulares. “Fruto de uma acertada política de incentivos fiscais concedidos pelo governo estadual às empresas aéreas”, explicou ele. “A maior oferta de voos internacionais é imprescindível para a expansão do turismo”.

A Latam Linhas Aéreas colocou em operação, em abril, o voo Miami-Salvador; a Copa Airlines vai operar a rota Panamá-Salvador (julho); e a Cabo Verde Airlines vai lançar novas frequências para a Bahia em junho. A expansão aproxima a Bahia ainda mais de outros países emissores. A malha aérea já possui voos diretos vindos de Portugal, Argentina, Espanha e Colômbia.

O secretário prosseguiu, informando que, em 2018, a divulgação da Bahia está sendo feita em 25 feiras internacionais da América Latina e Europa, assim como em 27 eventos que ocorrem em estados brasileiros.

Ele fez um chamamento a hoteleiros, operadores e companhias aéreas para que participem dos eventos onde a Bahia é divulgada. “Estamos abrindo o caminho nos mercados interno e externo com a divulgação, mas quem comercializa pacotes e serviços são vocês”, afirmou, mostrando a importância do trabalho conjunto do governo estadual e setor privado.