Primeira aérea no mundo a oferecer essa possibilidade aos passageiros, a GOL completa um ano do Selfie Check-In, recurso que usa o reconhecimento facial para a realização do check-in.

Disponível para todos os clientes da companhia, o serviço pode ser utilizado tanto em voos domésticos como internacionais, por meio do aplicativo da empresa. Desde o seu lançamento, há exatamente um ano, mais de 1 milhão de check-ins foram realizados com o recurso e, neste período, foram feitos cerca de 500 mil cadastros de clientes.

O Selfie Check-in foi implementado pela área de TI da GOL em parceria com a FullFace Biometric Solutions, empresa especializada em identificação de pessoas e que disponibilizou a tecnologia para reconhecimento facial. Por meio de um algoritmo próprio, a ferramenta garante precisão no reconhecimento biométrico individual a partir de 1024 pontos da face, em menos de um segundo.

Continua depois do anúncio

“Trabalhamos constantemente em inovações que nos permitam entregar valor aos nossos clientes por meio da tecnologia. O Selfie Check-in reforça o novo momento da GOL, que tem entre seus objetivos valorizar o tempo das pessoas, com serviços que ofereçam ainda mais agilidade e praticidade, reconhecendo o cliente como foco central de nosso negócio”, diz Paulo Palaia, diretor de TI da GOL.

Para usar a ferramenta, basta baixar e abrir o aplicativo GOL no smartphone ou tablet e fazer um cadastro da biometria facial, sem necessidade da inclusão de qualquer outro dado adicional, nem mesmo o localizador da viagem.

Com isso, nos próximos voos, o check-in pode ser feito diretamente no aplicativo, apenas com o reconhecimento facial.

Continua depois do anúncio

Além desta funcionalidade, os clientes GOL também podem escolher diferentes canais online para realizar o check-in antecipadamente, como computador, tablet e celular. A companhia ainda oferece a possibilidade do check-in via Twitter, que funciona por meio de troca de mensagens privadas (DMs), feitas por um BOT.

Veja como usar o Selfie Check-in Clicando Aqui.

Continua depois do anúncio