A SEVENAIR Academy divulgou os números de 2020, que apesar da conjuntura relacionada com a pandemia, são francamente positivos.

Durante o ano de 2020 foram realizadas 12412 horas de voo de instrução e 1753 horas de instrução em simulador, um crescimento relativamente a 2019, apesar de todas as restrições que a pandemia impôs.

Neste período realizou-se formação recorrente a 1517 profissionais, 67 revalidações/renovações de licenças a pilotos, formou-se 42 Instrutores de Voo (curso inicial e seminário de revalidação) e iniciaram formação 87 alunos no curso de Piloto de Linha Aérea e 110 alunos no curso de Técnico de Manutenção de Aeronaves.

A SEVENAIR Academy terminou o ano com o anúncio da chegada do seu novo simulador de voo – ALSIM ALX – equipado com a mais recente tecnologia e que entrará ao serviço em breve, um investimento de algumas centenas de milhares de Euros.

Anunciou também a expansão das suas instalações no Aeroporto de Cascais, dos atuais 2300 m² para 5500 m², ocupando o espaço deixado por outros operadores que foram saindo do local ou encerrando atividade. As obras de requalificação, orçadas em cerca de 500 mil euros, já iniciaram.

A aposta na formação aeronáutica é para manter, com o objetivo não só de cimentar a posição de liderança do sector em Portugal, como de ampliar essa capacidade, captando alunos de mercados internacionais, permitindo a esta empresa 100% portuguesa, ser um grande exportador de serviços.

Em 2020 assinaram-se acordos com parceiros institucionais da Turquia, Indonésia e Bahrein, estando em negociação parcerias com empresas de referência em outros países, com vista ao envio de alunos para os cursos de piloto e de técnico de manutenção de aeronaves, juntando-se às 38 nacionalidades de onde os atuais alunos são oriundos.