Diante do anuncio da Latam Linhas Aéreas de que tem a intenção de implementar uma rota de São Paulo para Doha (Catar), o SNA declarou que já entrou em contato com a companhia para buscar uma forma de viabilizar que o eventual voo seja feito com tripulação brasileira.

Assim, em breve deverá ser apresentada ao grupo uma proposta de Acordo Coletivo de Trabalho para esse voo especificamente, que será deliberada em assembleia.

O ACT é necessário para acertar as eventuais flexibilizações necessárias na legislação brasileira, já que existem limitações operacionais estabelecidas na lei 13.475/17, mas que podem ser alteradas pela autoridade de aviação civil brasileira com base nos preceitos do Sistema de Gerenciamento de Risco de Fadiga Humana, de forma a garantir a segurança de voo.

Essa mudança na lei também pode afetar os voos da LATAM para Tel Aviv, em Israel.

Em nota o SNA disse que defende que voos brasileiros sejam feitos por tripulantes brasileiros e já estava em contato com a empresa debatendo a viabilidade de voos de longa duração.

 

Via – SNA