Aeronave da Avianca em Congonhas. Foto - Pedro Viana/Aeroflap

O Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) apresentou embargos de declaração e irá apresentar recurso ao tribunal contra a sentença que extinguiu a ação coletiva movida contra a Avianca Brasil pelo pagamento dos salários atrasados (vencidos e vincendos) aos tripulantes.

O juízo entendeu que o SNA não detém a legitimidade para representar todos os aeronautas na ação, pela peculiaridade de cada situação individual. A entidade sindical também foi condenada ao pagamento de custas judiciais para a Avianca Brasil.

Desta forma, o SNA espera a reforma da decisão com os recursos.

A Avianca Brasil cancelou suas operações em maio deste ano, e até hoje aguarda uma decisão sobre sua possível falência. Já em maio, os funcionários da empresa enfrentavam uma situação de salários atrasados há mais de três meses, além do pagamento de benefícios congelados a um tempo maior, como diárias e vale alimentação.

 

Via – Sindicado Nacional dos Aeronautas