Sindicato vai à justiça para impedir demissão de tripulantes da LATAM

LATAM
Foto - Airbus/Divulgação
O SNA (Sindicato Nacional dos Aeronautas) ajuizou uma ação coletiva na Justiça do Trabalho para tentar impedir eventuais demissões de aeronautas da Latam enquanto perdurar o processo negocial entre as partes para um Acordo Coletivo de Trabalho. 

Nesta ação coletiva, o SNA solicitou também a apresentação de documentos por parte da Latam, tais como balanços, demonstrativos contábeis e financeiros, folhas de pagamento, projeção de horas voadas (segundo semestre 2020 e primeiro de 2021), lista de antiguidade separada por função e Caged/Rais.

No entanto, como já existe uma mediação no TST (Tribunal Superior do Trabalho) em andamento, o juiz responsável pela ação coletiva decidiu deixar para apreciar os pedidos de tutela provisória feitos pelo SNA somente após o encerramento da mediação e conciliação pré-processual de Dissídio Coletivo.

De acordo com a decisão do juiz, isso “permitirá não comprometer a mediação nem influenciar nas tratativas das partes”.

O SNA continua aguardando a apresentação de uma proposta concreta da Latam para fazer uma análise junto à categoria e levá-la a deliberação por meio de votação.
 
 
Via – SNA

DEIXE UMA RESPOSTA