O Brasil sediará a 16ª edição do ALTA AIRLINE LEADERS FORUM. De 27 a 29 de outubro, estarão reunidos em Brasília os mais altos executivos da indústria aérea, representantes de Estado, autoridades da aviação civil, integrantes de associações e fornecedores do setor.

O ALTA AIRLINE LEADERS FORUM acontece no Meliá Brasil 21, em Brasília/DF, sob o tema Competitividade da indústria no cenário atual.

“A ALTA atua como ponto de convergência para o transporte aéreo na região, conectando todos os atores da indústria, promovendo um diálogo internacional e coordenando os esforços para desenvolver uma aviação mais segura, eficiente e sustentável na América Latina e Caribe”, afirma Luis Felipe de Oliveira, CEO e diretor-executivo da ALTA (Associação Latino-Americana e do Caribe de Transporte Aéreo).

A SITA, líder em TI na indústria aeroportuária, apresenta novidades para aprimorar o transporte aéreo na região. O papel da empresa nesse cenário é fornecer tecnologia para a jornada completa dos passageiros, de forma simples e eficaz, tornando a experiência da viagem cada vez mais agradável.  

A participação da SITA no evento se dará de forma completa. A empresa terá um estande em que o visitante poderá experimentar o uso da biometria na identificação, check-in e despacho de bagagem, verificando exatamente como funciona em aeroportos que adotam a tecnologia. Os sistemas de rastreio de bagagens e de controle de aeroportos através de realidade virtual também serão demonstrados.

Ainda inédita, será divulgada a pesquisa de satisfação de passageiros, feita pela SITA.  O documento mostra o comportamento global e especificamente dos brasieiros, de acordo com o aumento do uso de tecnologia durante viagens. Realizada no segundo trimestre de 2018, a 13ª edição da pesquisa contou com 7500 participantes, em 20 países das Américas, Ásia, Europa, África, Oriente Médio e Ásia, representando 70% do tráfego total de passageiros no mundo.

Além da exposição interativa das novas tecnologias e divulgação de dados inéditos, a SITA estará presente em importantes painéis. No dia 29, às 09h, Diana Einterz, Presidente da empresa nas Américas, participa, ao lado das principais mulheres executivas do setor, de uma conversa sobre as necessidades que a indústria e a região precisam, a longo prazo, para melhorar a competitividade e atender, da melhor forma, à crescente e variável demanda de passageiros.

De acordo com Elbson Quadros, vice-presidente da SITA para América Latina, o mercado latino-americano, especialmente o Brasil, passou por um processo de transformação, com novas concessões aeroportuárias, novos operadores de companhias aéreas – incluindo as de baixo custo – e apoio de governos e associações em nível regional.

“Com esse crescimento da indústria, não há mais uma lacuna na implementação de tecnologia, que existia nos últimos anos ao comparar, por exemplo, com a América do Norte. Hoje, a disponibilidade de investimento é o motor. Novas tecnologias estão sendo adotadas em toda a região”, completa o executivo.

Os participantes do fórum irão se revezar em painéis para tratar de questões em torno da competitividade do setor, judicialização, transformações tecnológicas, turismo, infraestrutura e produtividade.

Para debater estes temas, entre os presentes estarão os ministros Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura) e Marcelo Álvaro Antônio (Turismo), CEOs das principais companhias aéreas da América Latina e Caribe e o jurista Francisco Rezek, ex-ministro das Relações Exteriores e por duas vezes ministro do Supremo Tribunal Federal.

DEIXE UMA RESPOSTA