A South African Airways, que enfrenta uma grave crise financeira há anos, está agora com uma nova alternativa para gerar caixa na empresa: Vender os seus aviões quadrimotores Airbus A340.

A companhia lançou hoje (15/01) uma nova iniciativa de captação de recursos. Em uma jogada ousada, a companhia aérea está tentando vender várias de suas aeronaves A340, além de motores sobressalentes e unidades de potência auxiliares (APUs) para esses aviões.

No total, existem nove A340 disponíveis para venda, além de 15 motores sobressalentes e 4 APUs. As aeronaves que estão à venda incluem quatro aviões A340-600 e cinco A340-300.

Escolha o seu! Esses são os aviões da SAA que estão sendo vendidos.

Os interessados devem apresentar as propostas de compra da aeronave até o dia 30 de janeiro.

Estranhamente, muitas dessas aeronaves ainda estão em cumprindo voos comerciais.

O ZS-SNC, um A340-600, está regularmente voando entre Joanesburgo e Frankfurt, enquanto outro avião do mesmo modelo cumprem voos de Joanesburgo para Nova York.

No lado dos A340-300, muitos estão cumprindo voos para Perth, Munique e Hong Kong.


No total, a SAA possui sete A340-300 e nove A340-600 em sua frota. Portanto, esta venda será para a SAA descartar grande parte de sua frota de aviões A340.

No lugar entram alguns aviões do modelo A350-900XWB, que a companhia arrendou recentemente procurando uma melhora no consumo de combustível da sua frota de voos de longa distância.

No entanto, há risco da SAA cancelar algumas rotas, visto que não deverá ter tantos aviões widebody disponíveis para utilizar em seus voos.

DEIXE UMA RESPOSTA