South African Airways África do sul
Foto: South African Airways

(Reuters) A South African Airways não está mais em recuperação judicial desde a última sexta-feira(30). A companhia aérea sul-africana esteve em recuperação judicial por 17 meses, cerca de 1 ano e 5 meses. Apesar disso, a companhia aérea ainda possui uma divida em valor elevado.

A South African já vinha enfrentando anos sem ter lucro, e isso consequentemente impacta no fluxo de caixa da empresa. A situação da empresa se agravou com a chegada da pandemia de Covid-19 que deixou praticamente a empresa sem voar desde setembro do ano passado.

Segundo o comunicado emitido pela empresa, agora a South African tem condições de manter a sua administração e cumprir com suas obrigações. O Departamento de Empresas Públicas da África do Sul que é responsável pela empresa afirma que as negociações para novos parceiros está em fase final. 

“Um acordo de compra e venda deve ser concluído nas próximas semanas. Isso permitirá que o capital e os conhecimentos técnicos e comerciais necessários sejam trazidos para garantir o surgimento de uma companhia aérea competitiva”. Afirma o Departamento.

Apesar das negociações avançando, nem a South African nem o Departamento informam uma previsão de quando a companhia aérea poderá retomar suas operações.