Southwest Airlines anuncia prejuízo de US$ 94 milhões no primeiro trimestre

Foto - Divulgação

A Southwest Airlines anunciou um prejuízo de US$ 94 milhões no primeiro trimestre de 2020, principalmente como resultado da crise em andamento que afeta o setor de aviação.

A receita total da Southwest no mesmo período foi de US$ 4,2 bilhões, cerca de 17,8% menor em comparação com o 1º trimestre de 2019.

A companhia aérea explicou que esses números são resultado da atual crise global no setor de aviação. Segundo a companhia aérea, a economia dos EUA parou, enquanto em todo o mundo a demanda diminuiu.

“Este é um momento sem precedentes para nossa nação e o setor aéreo. No final de fevereiro, começamos a experimentar uma queda vertiginosa na demanda e nas reservas de passageiros devido à nova pandemia de coronavírus COVID-19, resultando em uma perda líquida no primeiro trimestre de 2020. A economia dos EUA está parada e as perspectivas atuais para o segundo trimestre de 2020 indicam que não há melhora significativa nas tendências de viagens aéreas”, disse o CEO da empresa.

Nos números divulgados pela companhia aérea, no primeiro trimestre de 2020 o fator de carga da companhia havia diminuído cerca de 13%. Em 2019, esse número era de 81%, o que significa que 81% dos assentos em todos os voos estavam ocupados.

O Boeing 737 MAX ainda está aterrado no entanto, dada a atual falta de demanda, esse é provavelmente o menor dos problemas da Southwest atualmente. A companhia aérea está mesmo tentando remover ou retirar temporariamente aeronaves de sua frota.

Das aeronaves 742 da companhia aérea, cerca de metade está armazenada. Isso inclui suas 34 aeronaves 737 MAX que não voam há mais de um ano.


DEIXE UMA RESPOSTA