Southwest irá treinar todos os seus pilotos para o 737 MAX antes de reativar o avião

Foto - Divulgação

A notícia da nova autorização de voo do 737 MAX causou muita expectativa nas companhias aéreas que operam o modelo. Mesmo com a FAA certificando o avião novamente, entretanto é preciso passar por novas adaptações para voar o Boeing 737 MAX com as atualizações e modificações desde a sua suspensão de voos.

A Southwest divulgou que antes de retomar as operações com o avião, irá treinar cada um de seus pilotos. O CEO Gary Kelly, deu uma declaração nessa semana, antes de sair a certificação por parte da FAA. O executivo se mostrou ansioso para operar de novo a aeronave.

“Estamos ansiosos por isso por uma série de razões. É um avião mais econômico de se voar em comparação com nossos aviões -700 mais antigos. Há rumores de que não terá base nesta semana, então, dedos cruzados. Já estivemos aqui antes, mas com o passar do tempo, está cada vez mais perto, então espero que o aterramento chegue logo.”

Antes das certificações forem aprovadas, as companhias aéreas já se movimentaram para iniciar os treinamentos novos para seus pilotos. A Southwest é a maior operadora do 737 MAX no mundo, e com isso sabe-se que todas as suas aeronaves levarão um bom tempo até estarem em condições de operar.

“Todos os pilotos serão treinados no MAX antes de termos um voo lucrativo. Então, isso será muito diferente dos nossos concorrentes. Eles podem estar voando ao máximo mais cedo do que nós, e neste ponto eu não vejo isso como uma corrida. Não é uma questão competitiva de uma forma ou de outra.”

Como conciliar o 737 MAX com a nova realidade

Boeing 737 MAX
Foto – Divulgação

A Southwest tem cerca de 200 aeronaves em excedente, a crise do Covid-19 fez com que toda a malha fosse refeita. Porém, com a volta dos 737 MAX, algumas rotas deverão receber o modelo para gerar ainda mais economia nas operações.

“Não é como se precisássemos de elevação adicional. Estaremos bem em 2021 antes de entrarmos no serviço de receita, e estou ansioso por isso, posso garantir a você. Mas estamos muito bem preparados. Temos um plano de comunicação completo, temos um plano de treinamento e estamos chegando perto do ponto em que teremos a oportunidade de executar tudo isso.” Disse o CEO.


Há rumores de que a Southwest teria interesse em operar ainda mais Boeings 737 MAX, o que iria de encontro a busca da Boeing. A fabricante tem buscado companhias aéreas para operar alguns aviões de ‘cauda branca’, que estão sem uma empresa para operar.

O CEO da companhia afirmou que teve conversas com a Boeing não apenas para saber dos aviões de ‘cauda branca’, entretanto para falar de possíveis futuras encomendas. O executivo garantiu que essa não é a prioridade no momento.

“Claro, estamos conversando com a Boeing sobre todas essas coisas. Precisamos aumentar nossa frota agora? Não, e não é esse o nosso foco. O que estamos falando com a Boeing é, à medida que renovamos nossa frota, nos próximos anos e depois na próxima geração, o que é, em nosso melhor interesse em termos de como abordamos isso.”

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA