Southwest Boeing 737 MAX
Foto - Divulgação

A maior operadora de Boeing 737 MAX atualmente, a Southwest, retomou as operações com o modelo ontem(11). De forma mais reservada e com bastante voos, a empresa aposta no modelo para a retomada de voos nos Estados Unidos.

A Southwest apesar de ser a maior operadora do 737NG e do MAX nas Américas, foi a última empresa a retomar os voos com o modelo. Antes dela, a American Airlines, a Alaska Airlines e a United Airlines colocaram o MAX em operação antes da companhia low-cost.

Atualmente a frota da companhia é de 56 aeronaves 737 MAX, cerca de 21 já estão em operação novamente. O CEO da Southwest, Gary Kelly, mostrou ampla confiança no avião que agora está com as novas atualizações.

Continua depois do anúncio

“Eu não hesitaria por um segundo em colocar minha esposa, filhas, genros e netas a bordo do avião.” Disse Gary Kelly.

A Southwest realizou mais de 200 voos com o 737 MAX antes de coloca-lo novamente em operação regular. A empresa seguiu todas as recomendações impostas pela FAA em novembro de 2020.

“As mudanças feitas e as medidas tomadas, por literalmente milhares de especialistas em todo o mundo, me convenceram de que o MAX está pronto para voarmos com segurança mais uma vez”, afirmou o CEO da Southwest.

Continua depois do anúncio

Assim como outras empresas, a Southwest vai permitir que o passageiro que não se sinta confortavel em voar no MAX, poderá alterar o seu voo dentro das regras que a empresa implementou para a ocasião.

“Até 31 de maio de 2021, os clientes com reservas em um 737 MAX 8 podem entrar em contato com a Southwest, dentro de três dias da data de partida programada original do cliente, para solicitar uma alteração em um voo a bordo de nossas aeronaves 737-700 ou 737-800, sujeito a disponibilidade de assentos.”

“A Southwest não cobrará diferença de tarifa para a mudança de voo solicitada, desde que o novo itinerário também opere dentro de três dias da data de partida programada original e opere entre as mesmas cidades de origem e destino; caso contrário, quaisquer diferenças tarifárias aplicáveis ​​serão cobradas.” Completou.

Continua depois do anúncio

A retomada dos voos com o 737 MAX está acontecendo de forma gradativa, agora todas as companhias aéreas dos EUA que tem o modelo na frota, já estão em operação.