Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

Neste último final de semana a SpaceX atingiu a marca de nove lançamentos consecutivos com o mesmo primeiro estágio do foguete Falcon 9.

A marca foi atingida em durante mais um lançamento de satélites Starlink. Anteriormente o primeiro estágio do foguete que participou dessa missão voou na primeira missão de demonstração do Crew Dragon para a Estação Espacial Internacional.

Logo depois, o mesmo primeiro estágio foi utilizado em uma missão do outro lado dos Estados Unidos, na Califórnia, onde lançou três satélites do Canadá. Após pousar, voltou para a Flórida, onde participou de cinco missões Starlink diferentes e um transportando um satélite para o sistema Sirius XM.

O último voo foi em 20 de janeiro, e este período até o 9º lançamento foi de avaliação e preparação do foguete para o lançamento. A SpaceX nunca conseguiu adaptar tão rapidamente um estágio já utilizado do Falcon 9 para outro lançamento, ainda mais considerando que esta foi a 9ª vez que a SpaceX utilizou o componente.

A SpaceX projetou seu foguete Falcon 9 para voar até 10 vezes, com quase nenhuma reforma necessária entre os voos, contudo, com um acompanhamento de desgaste dos componentes entre eles. A empresa de Musk ainda ressalta que pode chegar a utilizar um foguete por mais de 10 vezes, se os engenheiros comprovarem um baixo desgaste dos componentes.

Como a SpaceX nunca chegou nesse ponto de utilizar o primeiro estágio em 10 lançamentos seguidos, ela pode implementar novas melhorias no foguete Falcon 9 com finalidade de aumentar ainda mais a vida útil do foguete, permitindo o uso em mais lançamentos, assim como fez em 2018 na transição do Block 4 para o Block 5.

De qualquer forma, este é um marco significativo, considerando que essa tecnologia de “pousar” foguetes só ficou popular na própria mão da SpaceX em 2016, que prometia diminuir drasticamente os preços dos lançamentos ao espaço com a reutilização dos foguetes.

Starlink SpaceX

Voltando aos satélites Starlink, atualmente há mais de 1150 destes em órbita. A filial da SpaceX está quase cumprindo a primeira fase de lançamentos, de 1400 satélites, e em algumas localidades já há disponibilidade do serviço.

Impossível não citar que foram três lançamentos de satélites Starlink em apenas dez dias, um outro recorde da SpaceX. O total é de 180 satélites em órbita somente com esses lançamentos.

 

Veja abaixo o lançamento desta 9ª missão com o mesmo primeiro estágio do foguete Falcon 9: