Pela primeira vez a SpaceX realizou um pouso no continente durante um lançamento a partir do Space Launch Complex 4E (SLC-4E) localizado na Base Aérea de Vandenberg, Califórnia (EUA).

Isso só foi possível porque há poucos dias a empresa inaugurou a Zona de Pouso 4 (LZ-4), localizada nas proximidades da base de lançamento do Falcon 9. O local de pouso era o antigo Complexo de Lançamento Espacial 4W, do qual os foguetes do modelo Titan foram lançados anteriormente.

Anteriormente a empresa utilizava uma enorme balsa para permitir o pouso do Falcon 9 em lançamentos realizados na Califórnia. Essa balsa ficava em um local estratégico no mar, e era transportada de volta ao continente após a operação de pouso.

Essa missão foi realizada para colocar em órbita polar o satélite SAOCOM 1A da Agência Espacial da Argentina, utilizado para detectar detalhes do solo e de umidade, a comunicação com as bases na Terra é realizada através de antenas na Banda L.

Juntamente com a constelação de satélites SAR X-Band da COSMO-SkyMed, esses equipamentos compreendem o Sistema Satélite de Gestão de Emergências da Itália-Argentina (SIASGE), uma parceria entre a CONAE e a Agência Espacial Italiana (ASI). Todos os satélites usam a mesma órbita.

O satélite foi colocado em órbita cerca de 12 minutos após o lançamento, o primeiro estágio do foguete Falcon 9 pousou com sucesso no PAD LZ-4.