A SpaceX, depois de concluir um dos últimos testes com a cápsula Dragon Crew, para astronautas, a empresa de Elon Musk agora quer trabalhar para permitir lançar astronautas até junho.

De acordo com o CEO da empresa, Elon Musk, em uma coletiva de imprensa após os testes deste domingo (19), a meta da empresa é começar a trabalhar em abril na missão Demo-2, após concluir o desenvolvimento da cápsula.

“Estamos confiantes de que o hardware estará pronto no primeiro trimestre, provavelmente no final de fevereiro, mas até março. E achamos provável que o primeiro lançamento tripulado ocorra no segundo trimestre”, afirmou Musk.

A missão Demo-2 deve levar dois astronautas, ainda em condição de testes. Os mesmos vão atracar na Estação Espacial Internacional (ISS), com estadia de poucos dias, e voltam na Dragon Crew.

Cada astronauta enviado custa à NASA cerca de R$ 229,1 milhões, sendo que a agência já pagou R$ 12,9 bilhões pelo projeto da Dragon Crew, que é uma das aeronaves que vai ajudar os Estados Unidos na independência para acessar o espaço.

Atualmente a NASA utiliza a Soyuz da Rússia para lançar seus astronautas, visto que o programa do Ônibus Espacial foi desativado em 2011.

O grande destaque da cápsula Dragon Crew é ser totalmente reutilizável, contando também com um foguete que tem estágios reutilizáveis, o Falcon 9.


 

DEIXE UMA RESPOSTA