SpiceJet da Índia vai usar um Airbus A340 para voos cargueiros

Foto: Boeing

A companhia aérea indiana SpiceJet está a espera de receber seu primeiro wide-body para operar em novos destinos da empresa. A novidade além da aeronave nova e grande está também nas operações voltadas para cargas em meio a grande demanda global por voos cargueiros.

A introdução do Airbus A340 na frota da SpiceJet vai permitir a empresa a explorar melhor mercados e rotas onde não era possível. A empresa opera uma frota composta por  três aeronaves Bombardier Q-400 e cinco Boeing 737.

A capacidade de cargas do A340 vai permitir levar 35 toneladas distribuídas nos porões de bagagem e cabine de passageiros. Foram removidos todos os assentos do avião para permitir o uso como cargueiro, pratica que se tornou comum em meio a crise global e principalmente na aviação.

O presidente da SpiceJet destaca a importância do Airbus A340 ser incorporado para a empresa e o quanto isso mudará: 

“A introdução de nossa primeira aeronave de carga de fuselagem larga será uma grande virada de jogo em nossa jornada notável que viu a SpiceJet emergir como a maior operadora de carga do país. Estamos confiantes de que nossos voos de carga de longa distância ajudariam ainda mais a impulsionar os negócios indianos, fazendeiros e empresas farmacêuticas, proporcionando-lhes acesso contínuo a novos mercados ”. Disse o presidente da companhia.

Por ter uma frota com alcance menor ou limitado, a SpiceJet está limitada a operar destinos na Índia, Asia e Oriente Médio. A empresa tem utilizado o Aeroporto Internacional Ras Al-Khaimah nos Emirados Árabes como um hub, com a introdução do Airbus A340 a empresa vai poder explorar mercados na Europa e na África.

 

DEIXE UMA RESPOSTA