ST Engineering
Foto: ST Engineering / EFW

A empresa especializada em modificar e realizar manutenção em aeronaves, a ST Engineering vai criar uma subsidiária voltada para as aeronaves convertidas em cargueiras diante da grande demanda por aeronaves desse tipo.

A nova empresa será fruto de uma joint-venture entre a ST Engineering e a Temasek. Pelos próximos anos a empresa irá adquirir aeronaves de passageiros que já tenham sido aposentadas para voos regulares com passageiros.

Os principais alvos da nova empresa serão aviões de fuselagem média ou seja de apenas um corredor. A nova joint-venture também irá buscar aviões de porte grande mas está visando um mercado onde os narrow-body sejam os tipos de aeronaves mais procuradas.

Além da nova subsidiária, a ST Engineering também mantem uma parceira com a fabricante europeia Airbus. Através da parceria, a empresa está ampliando suas unidades de serviços em aeronaves para a Ásia e a América do Norte. 

“Também damos as boas-vindas e esperamos trabalhar com outros parceiros em potencial que desejam investir no forte mercado de leasing de aeronaves de carga”, disse Jeffrey Lam, presidente da ST Engineering.

A nova subsidiária avalia que os preços das aeronaves de passageiros tendem a cair a medida que diversas aeronaves se tornam um número em excesso nas frotas das companhias aéreas. Com a demanda ainda longe dos níveis ideais, acordos entre empresas de leasing com empresas aéreas tem sido frequente também como forma de abater dividas. 

Além dos futuros investimentos em ampliar sua capacidade, a ST Engineering também está buscando se tornar uma empresa mais sustentável ecologicamente. A companhia está realizando trabalhos com empresas clientes para reduzir o impacto das emissões de carbono na atmosfera. 

“Esperamos trabalhar com clientes e parceiros com ideias semelhantes para adaptar soluções que sejam eficientes e sustentáveis, ao mesmo tempo que são comercialmente viáveis”. Disse Uwe Krueger, chefe de serviços industriais.