Submarino Humanitá da Marinha do Brasil será lançado ao mar ainda este mês

Submarino Humaitá- Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O Brasil tem como objetivo lançar ao mar no próximo dia 11, o segundo futuro submarino convencional da Marinha, o S41 Humaitá, que está na base da Itaguaí Construções Navais (ICN), bem como do Naval Group.

Atualmente o Humaitá se encontra em fase final de verificações antes de fazer seu primeiro contato com o mar. Após a cerimônia de lançamento, o Humaitá vai passar por vários testes, como os testes de imersão estática e em movimento.

O primeiro submarino da nova classe da esquadra brasileira, foi o S-40 Riachuelo, que agora está nas fases finais de testes e deve ser entregue à Marinha do Brasil em 2021. O Riachuelo foi lançado ao mar em dezembro de 2018.

Submarino “Riachuelo”- Foto: Marinha do Brasil

O projeto PROSUB foi lançado em 2008 e é baseado no modelo francês Scorpene. O Brasil está tendo acesso à tecnologia e aprendizado para aprimorar nossa indústra naval.

“O Prosub está alcançando a etapa de lançamento de seu segundo submarino ao mar. Com isso, nós estamos cumprindo marcos do Prosub, com intenção de chegarmos ao nosso submarino nuclear brasileiro. Permitirá a renovação dos nossos submarinos, de modos a termos navios modernos, projetados com a presença de brasileiros e já operando em nossas águas nacionais”, disse o contra-almirante a Agência Brasil

Ao todo serão quatro submarinos convencionais (movidos à diesel). São eles o já citados Riachuelo e Humaitá. A lista continua com o S42 Tonelero (já em fase avançada de montagem) e o S43 Angostura.

Submarino Toneleiro em construção no Complexo Naval e Industrial de Itaguaí (CNI) – Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

No entanto, a Marinha do Brasil ainda vai contar com submarino de propulsão nuclear Álvaro Alberto, a embarcação vai se tornar uma das mais importantes da esquadra brasileira. O planejamento é que o submarino esteja pronto em 2033, no entanto, os estudos e desenvolvimento já começaram, inclusive o do reator nuclear do mesmo.


Atualmente a esquadra brasileira tem cinco submarinos em operação, quatro deles são da classe Tupi (Tupi, Tamoio, Timbira, Tapajó). Fechando a lista dos que estão em operação temos o Tikuna).

A lista vai aumentar para seis com a chega do Riachuelo e no futuro outros três irão compor nossa força de submarinos.

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA