Um Sukhoi Superjet 100 da Yakutia sofreu um sério incidente durante uma operação de pouso.

A aeronave estava cumprindo o voo R3414, pousando às 21h21 em Ulan-Ude, quando deslizou na pista e foi para uma área em obras após a cabeceira temporária da mesma, resultando na quebra do trem de pouso principal e danos na fuselagem da aeronave.

Os 87 passageiros foram desembarcados através dos escorregadores infláveis. Mais 5 tripulantes estavam a bordo da aeronave. Quatro pessoas precisaram de tratamento médico após sair do avião.

No momento do incidente a temperatura era de quase 3º C, e as nuvens tinham uma altitude média de 600 metros.

A Federação Russa de Transporte Aéreo, Rosaviatsia, está investigando o caso, e suspeita que normas de segurança foram quebradas, devido a configuração de um padrão de frenagem não compatível com a pista escorregadia encontrada no momento do pouso.