Superjet da Aeroflot pronto em linha de montagem da Sukhoi.

A Sukhoi declarou que a nova versão do SSJ 100, com uma redução na fuselagem para atender o mercado de 75 a 85 passageiros, receberá motores de nova geração, baseados no PD-14 do MC-21.

O foco dessa alteração é aumentar a competitividade do jato em comparação com os seus concorrentes, como o Mitsubishi MRJ e o Embraer E175-E2.

O SSJ 100 atual é equipado com motores PowerJet SaM146, de projeto conjunto entre a França e a Rússia, um motor considerado concorrente do GE CF34, que equipa o E175 de primeira geração da Embraer.

O modelo proposto pela Aviadvigatel é baseado no PD-14, sendo uma versão com menor empuxo chamada por enquanto de PD-10. A Sukhoi disse que recebeu essa proposta na sua mesa, mas está avaliando outros motores, inclusive fabricados por empresas do ocidente.

O novo projeto se estenderá ao interior do avião, que ficará mais moderno, e também aos instrumentos de navegação e energia. Essa atualização futuramente poderá ser incorporada no SSJ 100.