O Coronavírus já é considerado um surto de grande alcance na Ásia, e a paralisação de voos e isolamentos de cidades pode causar um prejuízo bilionário para vários setores da indústria, incluindo o de aviação.

De acordo com estimativas recentes da ICAO, o surto do coronavírus pode reduzir em até 5 bilhões de dólares a receita de companhias aéreas de todo o globo terrestre.

Isso se baseia em suposições de que a capacidade geral de passageiros diminuirá de 39 a 41%, equivalente a uma redução de 16,4 a 19,6 milhões de passageiros. A maior parte dessa redução está nas companhias chinesas, mas outra parte afeta as outras companhias, que tem voos para a China.

Vale ressaltar que a ICAO não calculou o prejuízo do mercado doméstico da China, somente o custo da diminuição drástica dos voos internacionais que partem da China.

A ICAO afirma que cerca de 70 companhias aéreas – incluindo a American Airlines e o grupo Lufthansa – cancelaram todos os voos internacionais de e para a China continental, o epicentro do surto de Covid-19. Outras 50 companhias, como a Singapore Airlines e a Cathay Pacific, reduziram a capacidade.

O surto de Covid-19 atingiu mais de 20 países em todo o mundo, com a maioria dos casos confirmados e mortes ocorrendo na China.

 

DEIXE UMA RESPOSTA