Helibras Helicóptero H225
H225M-Foto Eny Miranda

A alta disponibilidade das aeronaves será garantida por um contrato Hcare Smart PBH com a Helibras

A startup de engenharia TAC (Transmission Air Company) será a primeira a operar com helicópteros multiuso H225 em apoio à indústria de linhas de transmissão no Brasil. A empresa também assinou um contrato de manutenção Hcare Smart – Part by the Hour (PBH) com a Helibras para aumentar sua capacidade de operação.

“Escolhemos o H225 devido ao seu desempenho superior e já comprovado em serviços de utilidade pública, incluindo a indústria de linhas de energia mundial. Além disso, a Helibras tem capacidade total para garantir a alta disponibilidade do nosso helicóptero no país”, afirma Fernando Cruz, CEO da TAC.

Criada com o objetivo de apresentar soluções novas e disruptivas no setor de linhas de energia, a TAC adquiriu o H225 por meio de uma empresa de leasing, abrindo assim um novo segmento de missão para o H225 no Brasil.

A TAC já tem contratos em execução para construção de linhas de energia no Brasil e pretende aumentar ainda mais a frota de Helicópteros H225 no futuro. Suas soluções integradas, que trazem maior eficiência, redução dos ciclos construtivos e menor impacto ambiental, incluem o projeto e a construção da engenharia de torres, além de logística operacional e operações aéreas como transporte de cargas, montagem de torres e assentamento de cabos aéreos.

Foto: Foto: Patrick Penna

Até 49.000 km de linhas de transmissão podem ser construídas nos próximos 10 anos.

“Estamos muito entusiasmados em apoiar a TAC na introdução do H225 neste novo mercado”, disse Sébastien Bully, Diretor de Vendas, Marketing e Desenvolvimento de Negócios da Helibras.

“E agradecemos ao cliente por ter optado por assinar um contrato ‘Part by the Hour’, que garante a pontualidade no fornecimento das peças e otimiza a disponibilidade das aeronaves e a eficiência das operações”.

Com potência de elevação, resistência e capacidade de manobra superiores, o H225 está sempre pronto para as missões de linha de energia mais rigorosas. Graças à exibição em tempo real das margens de potência e do sistema de monitoramento de veículos (VMS) de última geração, os pilotos podem se concentrar totalmente na missão em questão.

Durante o transporte de cargas, o piloto automático de quatro eixos mantém uma precisão e estabilidade excepcionais. O gancho do H225 tem uma capacidade de carga de até 4,75 toneladas.

O Helicóptero H225 é fabricado pela Helibras em sua fábrica em Itajubá, Minas Gerais, e a empresa tem capacidade para dar suporte à aeronave durante toda a vida operacional. Atualmente, 39 Helicópteros H225/H225M estão em operação no Brasil apoiando a indústria de Petróleo e Gás e as Forças Armadas.

 

Via: Helibras