TAP Air Portugal
Foto: Gabriel Benevides/Aeroflap

Ainda em processo de reorganização, a TAP Air Portugal, poderá ter um prejuízo de 54 milhões de euros ainda neste ano de 2022. A previsão foi informada por Pedro Nuno Santos que é ministro da Infraestrutura e Habitação da Portugal.

Pedro esteve presente na comissão parlamentar em conjunto com outros ministros para debater o orçamento para o país referente ao ano de 2022. 

O ministro da Infraestrutura e Habitação reforçou que os valores já estavam previstos dentro do processo de reorganização da TAP para o ano de 2022. Ainda segundo o ministro, a companhia portuguesa deverá ter lucros a partir de 2025.

“Está previsto 54 milhões de euros, tal como está previsto em 2023 a TAP atingir o equilíbrio operacional e em 2025 ter lucro. É o que está previsto no plano de reestruturação, podemos ter melhor, espero que tenhamos melhor ainda, não pior”. Disse Pedro Nuno.

Um deputado que participou da comissão em Portugal, questionou sobre a posição do governo de Portugal na administração da TAP, afirmando que a direção da empresa era ineficiente. 

“Temos que acompanhar a gestão, a apresentação de resultados. Até ver, nós temos uma empresa que está a ser bem gerida, estão a cumprir aquilo que o Estado português lhes pediu e é isso que é suposto”, respondeu o ministro.

“No dia em que começarmos a interferir em decisões correntes, do dia, da empresa, nós vamos fazer asneiras gravíssimas.” Completou.

 

 

Com informações do Portal Renascença.