Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

TAP

Com a menor demanda por voos comerciais, a TAP Air Portugal decidiu expandir novamente a sua frota de aeronaves de carga.

Agora a companhia aérea portuguesa vai adicionar um Airbus A321ceo na conversão do interior para cargueiro, com a retirada de assentos e de alguns acabamentos, porém, com a mesma configuração externa de portas.

Essa adaptação está sendo bastante comum entre as companhias aéreas, que buscam atender a demanda de carga com suas aeronaves de passageiros que estão fora de uso.

O A321ceo é capaz de carregar 100 m³ de carga, com um peso total de 22 toneladas. É um incremento significativo, principalmente considerando a necessidade para voos de curta e média distância, para a África ou Oriente Médio.

O avião ficará por três meses operando voos de carga, e será novamente convertido para o transporte de passageiros em junho, para atender a demanda do verão europeu.

Atualmente a TAP tem três aviões A330-200 sem os assentos em seu interior, configurados para transportar cargas. Esses voos especiais estão ocorrendo até mesmo para o Brasil.

As aeronaves do modelo A330-200 configuradas para o transporte de carga têm as seguintes matrículas: CS-TON, CS-TOO, CS-TOP.

A informação é do site Transportes & Negócios, que entrevistou Miguel Paiva Gomes, Global Chief Cargo Officer da TAP.

Gomes afirmou ainda que existe a possibilidade de conversão de um segundo A321, embora a decisão ainda não tenha sido tomada.