TAP vai retomar voos para Brasília, Maceió, Natal e Porto Alegre em outubro

A TAP está a retomando progressivamente a sua operação. Para outubro, a rede da TAP estará mais reforçada, com um total de 82 rotas e 666 voos semanais em plano. 

Brasília, Natal, Porto Alegre e o novo destino no Brasil, Maceió, ficam disponíveis para viagens a partir de outubro. Todos eles com dois voos por semana.

Nos Estados Unidos, Chicago e São Francisco são as cidades que voltam a estar ligadas a Lisboa. Boavista, em Cabo Verde, também regressa à rede TAP em outubro, com um voo por semana.

Este plano de retoma permite voltar a garantir a conetividade entre as Américas e a Europa, onde grande parte (86%) das cidades estarão conectadas dentro da rede TAP.

Para os destinos de longo curso, incluindo os que retomam em outubro, a TAP lança campanha mundial com 15% de desconto, que acumula com a flexibilidade de alteração de reserva.

A campanha “Give your home a break” começa hoje e decorre até 18 de agosto, propondo aos Clientes “dar um descanso às suas casas” e viajar de avião. É válida para voos até 31 de março de 2021, dependendo do destino.

O desconto será aplicado, exclusivamente, na compra de bilhetes online no site da TAP, www.flytap.com, quando introduzido o promocode referente à campanha: MULTI15 nos voos para o Brasil, Estados Unidos, Canadá e África.


Todas as condições desta promoção podem ser consultadas com maior detalhe em https://www.flytap.com/promo/give-your-home-a-break

 

“Reserve com Confiança” durante o mês de agosto

Durante este mês, a TAP permite que todas as reservas efetuadas sejam alteradas gratuitamente. Toda a informação sobre as condições de flexibilidade da alteração das reservas podem ser consultadas aqui.

A Companhia propõe assim um novo ambiente para os dias de descanso dos seus Clientes, cumprindo sempre todas as normas de segurança. 

 

Rede da TAP para outubro disponível no site

Consulte aqui as rotas da TAP em vigor e previstas para os próximos meses em destinos para a Europa, América do Norte, América do Sul e África.

A lista de rotas e voos será ajustada sempre que as circunstâncias o exijam, face à dinâmica da evolução das imposições e restrições dos vários países, em virtude da evolução da pandemia, bem como da evolução da procura.

 

DEIXE UMA RESPOSTA