F-35A decola para mais uma missão Foto- USAF

As taxas de prontidão de missão dos caças F-35 subiram de 55% para 73%, disse Ellen Lord, a chefe da aquisição do Pentágono.

Esse aumento de taxa é importante até porque o F-35 está se tornado parte da aviação de caça dos EUA, mas ainda não é a taxa estabelecida pelo ex-secretário de Defesa Jim Mattis, que é de 80%.

Caças F-35A Lighting II Foto- U.s Airforce

Essa notícia vem com uma segunda que é sobre a grande aquisição do próprio EUA, que por um valor estimado em US $ 34 bilhões irá adquirir 478 F-35s, nos lotes 12 a 14 de produção inicial de baixa taxa. Isso certamente tem relação com o acordo em relação ao valor do caça que foi discutido recentemente entre o governo americano e a fabricante Lockheed Martin.

Arte: Lockheed Martin

Ainda sobre o valor foi oficializado que cada avião vai custar ao governo dos EUA, cerca de 77,9 milhões, valor menor ainda do que o estabelecido em 2013, que era de US$ 80 milhões. 

O gráfico abaixo mostra a queda no valor dos F-35s:

DEIXE UMA RESPOSTA