Foto- FAB

Em uma cerimônia na manhã desta quinta-feira (10/01), na Ala 1, em Brasília (DF), aconteceu a transmissão de cargo de Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER): o Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira substituiu o Tenente-Brigadeiro do Ar Raul Botelho.

O Tenente-Brigadeiro Botelho, um dos chefes mais longevos do EMAER, que ocupava o cargo desde 2016, assume, na próxima terça (14), o cargo de Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, no Ministério da Defesa. Ele será o primeiro representante da FAB à frente dessa estrutura, criada em 2010, que é voltada para empregar as três Forças em conjunto e promover um cenário de interoperabilidade.

Cerimônia de troca de comando do Estado Maior- Foto: FAB

Segundo o chefe substituído, em suas palavras de despedida, o objetivo foi atingido, no sentido de utilizar os recursos de toda ordem – humanos, financeiros, entre outros – de modo otimizado, para obter resultados eficazes e eficientes. “Foi imprescindível estabelecer uma sistemática de planejamento e gestão clara e bem definida. Este novo modelo contrapõe-se aos planejamentos ocasionais e inconsistentes, os quais, normalmente, não se fimam como soluções coerentes no médio e no longo prazo”, disse o oficial-general.

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez presidiu a cerimônia de transmissão de cargo. Ele destacou, em discurso, alguns feitos do Tenente-Brigadeiro Botelho, como o trabalho no processo de Reestruturação da Força; a implantação da Sétima Subchefia do EMAER, voltada para gestão de riscos e governança; e o estabelecimento de convênios com outros órgãos para viabilizar, por exemplo, maior atuação da Força no transporte de órgãos.

Alto comando das Forças Armadas presentes na cermônia- Foto-FAB

O Comandante também saudou o novo chefe da unidade. “Tenho plena convicção no trabalho a ser realizado. Sua vitoriosa carreira o credencia para este cargo e nos faz ter a tranquilidade que os projetos estratégicos terão a continuidade esperada”, disse o Tenente-Brigadeiro Bermudez, dirigindo-se ao Tenente-Brigadeiro Amaral. 

O novo Chefe do EMAER disse que espera honrar o cargo, que considera de grande importância, por ser responsável pelos estudos e assessoramentos que determinam as linhas de ação da instituição. “O EMAER é um setor de relevância fundamental para os destinos da nossa Força Aérea. Temos uma característica muito importante que é de dar continuidade ao trabalho dos nossos antecessores. E é isso que farei, pois estamos todos na mesma proa”, afirmou o Tenente-Brigadeiro Amaral. 

Perfil

Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira. Assume o cargo de Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER)- Foto: FAB

Nascido em 13 de maio de 1960 na cidade do Rio de Janeiro (RJ), o Tenente-Brigadeiro Amaral é piloto de caça e soma, aproximadamente, 3 mil horas de voo. É bacharel em direito, pela Universidade de Brasília, e pós-graduado em análise de sistemas, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Os últimos cargos ocupados pelo oficial-general, em seus 44 anos de carreira, foram os de Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespecial (DCTA) e Secretário-Geral do Ministério da Defesa. 

Fonte: FAB

Fotos: Cabo André Feitosa / CECOMSAER.