Caças Eurofighter Typhoon da RAF sobre a Malásia- Foto: RAF

Teve fim o exercício em conjunto dos Eurofighters  da RAF na Malásia. O exercício durou 17 dias, o destacamento da RAF, atualmente implantado na região, foi testado por atividades aéreas cada vez mais exigentes que culminarão em uma missão simulada em escala real nos céus acima de Cingapura.

Caça Typhoon pousado na base aérea de Butterworth, Malásia- Foto: RAF

Exercício Bersama Lima reúne as forças armadas da Austrália, Malásia, Nova Zelândia, Cingapura e Reino Unido, que compõem o FPDA, na região, para desenvolver seu treinamento, interoperabilidade e entendimento conjuntos. O FPDA é, portanto, um elemento importante do relacionamento do Reino Unido com a Malásia, Cingapura e é um importante arranjo de defesa regional.

 

O oficial comandante do Esquadrão II (CA) disse:

“Foi um prazer genuíno trabalhar com as outras cinco nações do poder durante todo este exercício. Nós realmente apreciamos a capacidade de trabalhar em conjunto com outros países da Commonwealth no espírito de amizade e treinamento coletivo”.

Um dos desafios únicos de operar no sudeste da Ásia durante a estação das monções são as tempestades predominantes e as chuvas torrenciais que ocorrem na maioria das tardes. Com uma base na RAF Lossiemouth, no norte da Escócia, o Esquadrão II (AC) , no entanto, está acostumado a operar em algumas condições climáticas extremas. Com procedimentos operacionais cuidadosos e o uso de reabastecimento ar-ar, as equipes mantiveram o andamento da missão ao longo do período. 

Caça Eurofighter Typhhon- Foto: RAF

O destacamento do Esquadrão II (AC) foi implantado no Exercício Bersama Lima, o principal exercício anual de Arranjos de Defesa dos Cinco Poderes e atualmente está operando na base da Força Aérea da Malásia em Butterworth, Penang, Malásia.

Além dos Typhoons , uma aeronave RAF Voyager também foi implantada em Cingapura pela primeira vez para realizar reabastecimento ar-ar e, portanto, permitiu que os Typhoons aumentassem significativamente sua resistência no ar.

Aeronave RAF Voyager- Foto: RAF

 

FONTE: RAF

DEIXE UMA RESPOSTA