Titan Airways recebe o 1º Airbus A321 convertido em cargueiro

Foto: ST Engineering / EFW

A novidade das aeronaves cargueiras, o Airbus A321, começou a ser convertido no final de 2019. O escolhido foi o A321 de antiga matrícula G-DHJH, operava para a Thomas Cook até a falência da empresa em setembro de 2019.

O A321 foi levado para a ST Engineering em Cingapura para iniciar os trabalhos de conversão cargueira do maior modelo da família A320. Diferente da família 737, diversos modelos podem ser convertidos em cargueiro, a própria Titan Airways possui 2 Boeings 737-400 cargueiros em sua frota. 

Atualmente a Qantas já opera um Airbus A321 convertido em cargueiro, com a nova opção de aeronave para cargas espera-se um grande número de pedidos para converter aeronaves A320. 

O novo A321 cargueiro da Titan receberá a matrícula G-POWY, e está sendo entregue hoje(07/01).  

“Estamos vendo um aumento na demanda por nossos serviços de cargueiro. Essas aeronaves nos permitirão oferecer soluções de frete aéreo a mais clientes e nos ajudar em nossa transição para uma frota totalmente Airbus.”, disse o diretor  da Titan, Alastair Willson.

Wilson se mostra entusiasmado com a chegada das novas aeronaves A321 para o transporte de cargas. Apesar da chegada dos novos aviões, a empresa ainda não irá se desfazer de seus Boeings 737-400.

A ST Engineering realiza a conversão em parceria com a EFW, que oferece no A321 a capacidade de levar 28 toneladas de cargas distribuídas em até 14 contêineres no compartimento superior e mais 10 no compartimento inferior. 


Parar operar de forma segura, a aeronave terá de ter o peso distribuído nos contêineres na parte superior e inferior. 

“À medida que nosso programa [A321] ganha força com mais devoluções, vamos … dobrar a entrega dessa solução inovadora para o mercado e capturar mais participação no mercado de cargueiros de corpo estreito”, disse Andreas Sperl um dos diretores da EFW.  

 

DEIXE UMA RESPOSTA