Aeroporto de Brasília
Foto - Aeroporto de Brasília/Inframerica

O Ministério da Saúde antecipou a vacinação contra a Covid-19 para trabalhadores portuários e do transporte aéreo. A partir da noite desta terça-feira (25), a pasta começou a enviar doses para vacinação de mais de 202 mil pessoas desses grupos prioritários em todos os estados e no Distrito Federal.

A ação faz parte da estratégia do ministério para conter a circulação da doença e proteger os brasileiros mais expostos ao vírus, principalmente após a identificação de uma nova variante no País. A demanda foi proposta após a visita do ministro Marcelo Queiroga ao Maranhão no último domingo (23).

A vacina destinada a esses trabalhadores é a da AstraZeneca/Oxford, produzida pela Fiocruz. Serão distribuídos lotes para a primeira dose de 100% dos portuários e 78% dos aeroportuários.

Esses trabalhadores já estavam contemplados nos grupos prioritários estabelecidos pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO), representando mais de 227 mil pessoas. As orientações para a imunização desse público estão no 19º informe técnico.

 

Via: Ministério da Saúde