Trazendo insumos para testes de Covid-19, A330 da Azul pousa pela primeira vez em Cabo Frio

Pela primeira vez em sua história, a Azul vai pousar um A330, a maior aeronave da frota da companhia, no aeroporto de Cabo Frio, no Rio de Janeiro.

O avião, que está vindo da China, trará 15 toneladas de matéria prima para a fabricação de kits de testes para Covid-19. O voo tem previsão de pouso no aeroporto da Região dos Lagos às 6h desta quinta-feira, 23.

O voo com destino à China decolou de Viracopos, em Campinas, no último sábado (18), com uma parada programada em Amsterdã, na Holanda. Neste primeiro trecho, a Azul transportou 30 toneladas de frutas para a capital holandesa.

No voo de volta, a Azul está trazendo, pela primeira vez, tubos de ensaio e hastes com pontas de algodão para os testes RT-PCR, eficazes para a identificação de infecção pelo novo coronavírus.

Este é o quinto voo que a companhia brasileira realiza com destino à China, buscando insumos para ajudar no combate à pandemia no Brasil e em alguns países da América Latina, como Argentina, Peru e Chile. No total, a Azul já transportou 4,8 milhões de testes rápidos e 133 respiradores.

“Essa é mais uma operação histórica para a Azul. É a primeira vez que operamos a ligação entre Amsterdã e Cabo Frio e o primeiro pouso da nossa companhia com uma aeronave desse porte na cidade. Desde o início dessa pandemia, percebemos a importância do modal aéreo de cargas para contribuir com a economia e com o combate a essa doença. Para nós, é motivo de orgulho realizar mais esse voo para trazer insumos ao nosso país”, pontua Izabel Reis, diretora da Azul Cargo Express.

 

DEIXE UMA RESPOSTA