TU-22M3- Foto: MoD

Três militares russos morreram em um incidente com um bombardeiro TU-22M3, ocorrido nesta terça-feira (23), em uma base aérea na região de Kaluga. Conforme postado pelo site TASS, os militares foram ejetados ainda no solo por alguma razão ainda desconhecida 

De acordo com o departamento militar, em 23 de março “durante a preparação em solo planejada para o voo Tu-22M3 no campo de aviação na região de Kaluga, ocorreu uma operação anormal do sistema de ejeção”, publicou o TASS.

Tu-22M3 Foto-Russian Air Force Twitter

“Devido à altura insuficiente para lançar os paraquedas, três tripulantes sofreram ferimentos incompatíveis com a vida no pouso”, disse o Ministério da Defesa.

No entanto, houve um sobrevivente, um tripulante foi levado ao hospital da cidade de Shaikovka, mas não há informações sobre o estado de saúde do militar.

 O TU-22M3 é um bombardeiro supersônico que possível asa de geometria variável, além de carregar mísseis de longo alcance com capacidade nuclear.