Diversos tripulantes da TAP Air Portugal estão a reclamar de problemas no Airbus A330-900neo, com relação ao sistema de pressurização da aeronave, que está causando enjoos e náuseas em tripulantes da empresa, durante voos prolongados.

Há pelo menos 4 meses existem relatos de mal-estar, vômitos e tonturas, por parte dos tripulantes, e a TAP e Airbus não estão trabalhando neste problema, de acordo com o Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC).

Dessa forma o SNPVAC cobrou uma solução imediata da TAP, como forma de manter a saúde dos tripulantes, e planeja até mesmo uma greve de tripulantes caso uma rápida solução não seja apresentada pela companhia.

Anteriormente a TAP relatou que identificou alguns problemas com tripulantes, e indicou que o odores no ar-condicionado podem causar enjoos, mas esses odores tendem a sumir após os primeiros voos com essas aeronaves.

Em outras companhias que já operam com o A330neo, não há relatos de problemas relacionados a essa aeronave.

Em nota a Airbus disse que uma “investigação extensiva e análise desenvolvidas por uma entidade independente e um reconhecido laboratório demonstraram sistematicamente a ausência de contaminação tóxica do ar, e que não há risco para a saúde dos tripulantes ou passageiros”.

 

Via – Dinheiro Vivo

DEIXE UMA RESPOSTA