Foto - Divulgação

A Turkish Airlines anunciou recentemente os resultados do tráfego de passageiros e de carga de agosto. A Companhia aérea teve desempenho recorde de 84,8% de taxa de ocupação (Load Factor).

Oferecendo conexões para mais países do que qualquer outra companhia aérea a partir de um único hub, a quantidade de passageiros em transferência internacional atingiu números recordes, com um aumento de 9,4% em comparação com o mesmo mês do ano passado.

Persistindo no objetivo de se tornar uma das cinco principais marcas de carga aérea do mundo com a Turkish Cargo, a Empresa aumentou seu volume de carga / correio em 11,5% em comparação com o mesmo período do ano passado. Além disso, manteve seu crescimento de dois dígitos no mercado de carga em sua nova casa (novo aerporto de Istambul).

Conforme os resultados de tráfego de agosto de 2019:

  • A taxa de ocupação (LF) foi de 84,8%, equanto a taxa de ocupação domestica foi de 88,4% e a taxa de ocupação internacional foi de 84,3%;
  • O número de passageiros internacionais com conexão (transit passengers) subiu para 9,4% comparado com o mesmo período do ano anterior. Os passageiros internacionais, excluindo os com conexão, apresentaram uma queda de 0,4%;
  • O volume de carga / correio cresceu 11,5%, comparado com o mesmo período de 2018. Os principais responsáveis por este crescimento foram: América do Norte com 24,8%, Extremo Oriente com 12,2% e Europa com 11,3%;
  • Neste período, a taxa de ocupação doméstica apresentou um crescimento de 0,6 pontos, enquanto a América do Norte e Extremo Oriente aumentaram 0,4 e 0,3 pontos, respectivamente.

De acordo com os resultados de tráfego de janeiro-agosto de 2019:

  • A demanda foi praticamente estável comparando-se o mesmo período do ano passado, mas o número total de passageiros transportados reduziu 2,1%, sendo que a quantidade total de passageiros transportados foi de cerca de 49,7 milhões;
  • A taxa de ocupação total diminuiu 0,6 pontos, atingindo 81,2% comparada ao mesmo período do ano passado. Já a taxa de ocupação internacional também foi reduzida em 0,8 pontos, chegando a 80,5% e a taxa de ocupação doméstica aumentou em 1,1 ponto alcançando 86,6%;
  • O número de passageiros internacionais transportados com conexões transportados cresceu em 3,5%
  • O volume de carga / correio trasnportados nestes oito meses aumentou em 9,6%, atingindo 985 mil toneladas.