Sistema de Defesa S-400- Foto: Forças Armadas Russas

A Turquia teria usado um caça F-16 para testar o sistema de radar do S-400 (Sistema de Defesa de Mísseis). O teste teria acontecido no dia 24 de novembro, na província de Ancara, capital da Turquia.

“No âmbito de alguns projetos realizados em coordenação com a Presidência das Indústrias de Defesa, aeronaves F-16 e outras aeronaves pertencentes à Força Aérea (turca) realizarão voos de teste de baixa e alta altitude na segunda e terça-feira nos céus de Ankara ”, disse uma fonte.

Sistema S-400 sendo retirado de um IL-76- Foto: Ministério da Defesa da Turquia

Os testes devem terminar no dia de hoje. A Turquia tem atualmente duas baterias S-400. Acredita-se que até abril de 2020 os S-400 turcos estejam totalmente operacionais.

Até o presente momento as baterias S-400 se concentram na Murted Air Base, que se localiza fora da capital do país.

Neste vídeo abaixo mostra o que seria esse teste envolvendo os caças com o sistema radar do S-400:

O teste que é importante e benéfico para a defesa da Turquia cria também mais atrito com os EUA, que desde o inicio foram contra a compra turca deste armamento russo, tanto que vetaram a venda dos caças F-35 à Turquia.

Caça F-35A turco- Foto: Lockheed Martin

Esse teste podem acabar por colocar mais sansões dos EUA contra a Turquia, pois os turcos usaram dois aviões de fabricação norte-americana, sendo um F-16 e um F-4 Phantom II e isso pode ser visto pelos EUA como uma provocação.


A medida que os EUA e a Turquia no âmbito de defesa se afastam, a Turquia se aproxima da Rússia, e o interesse em adquirir mais equipamentos russos existe, prova disso foi o encontro entre o presidente turco Erdogan e o russo, Putin, durante a MAKS 2019. Desde esse encontro muito vem se falando em uma possível compra russa de caças SU-35, e até o SU-57 (concorrente do F-35), também foi cogitado.

Presidente russo Putin e o turco Erdogan ouvem explicação de piloto de caça SU-57

 

DEIXE UMA RESPOSTA