United Airlines determina que todos comissários usem máscaras, sindicatos querem o mesmo para passageiros

Foto - Boeing/Divulgação

(Reuters) – Todos os comissários da United Airlines precisam cobrir o rosto ou usar máscara em serviço a partir desta sexta-feira, informou a companhia aérea norte-americana, na primeira determinação do tipo tomada por uma grande empresa do setor nos Estados Unidos.

A Associação dos Comissários de Bordo (AFA), cujos membros trabalham para a United e outras 19 companhias aéreas que operam nos EUA, aprovou a medida mas pediu para que Washington exija o mesmo de todos os passageiros como forma de evitar a contaminação por coronavírus nos aviões.

Representantes de sindicatos de pilotos dos EUA têm se reunido com membros do Congresso do país para aprovação de legislação que os proteja do Covid-19 nos aviões, afirmaram autoridades sindicais na quinta-feira.

“É vital que nossas tripulações sejam tratadas como trabalhadores essenciais e tenham acesso a equipamentos de proteção individual e a testes”, disse Jason Goldberg, porta-voz da Associação de Pilotos Unidos, que representa pilotos da American Airlines.
 

Na segunda-feira, o Canadá começou a exigir que os passageiros usem máscara ou proteção para o rosto durante o processo de embarque e nos voos.

Na Europa, a Comissão Europeia planeja apresentar um conjunto de regras para uma reabertura segura do setor de transporte aéreo.
 

Algumas companhias aéreas começaram a implementar suas próprias medidas, incluindo bloqueio de uso dos assentos do meio e mudanças no processo de embarque, e pedem consistência para as exigências governamentais.

 

DEIXE UMA RESPOSTA