Airbus A319

A United Airlines vai receber entre 2020 e 2021 cerca de 21 aviões do modelo Airbus A319 provenientes de outra companhia aérea, ainda não revelada.

De acordo com a companhia esse é um plano para remodelar os custos de capital da sua frota, possivelmente citando o baixo custo de aquisição desses aviões, em comparação com jatos de nova geração, como o E195-E2 e o CS300 que, apesar de até 20% mais econômicos, são mais caros.

De acordo com fontes próximas à companhia, maioria dessas aeronaves são ex-EasyJet, visto que a operadora Low Cost do Reino Unido está trocando alguns A319ceo pelos novos A320neo.

“Estamos em negociando mais aeronaves widebody e narrowbody usadas”, disse o vice-presidente financeiro, Andrew Levy, citando que mais aviões de segunda mão entrarão na frota da companhia.

A United está expandindo bastante a sua frota de aeronaves narrowbody da Airbus, especialmente ao adicionar aeronaves usadas. A companhia opera atualmente com sessenta e sete A319, sendo que 11 unidades foram recentemente adicionadas e provenientes da China Southern Airlines. Entre 2018 a 2019 mais 14 aeronaves de segunda mão da companhia chinesa serão adicionadas à frota da United.

Apesar de apostar nos jatos usados, principalmente com a desvalorização causada pela presença da família A320neo, Levy também disse que a United está estudando pequenos jatos narrowbody de nova geração na sua frota, como os aviões Boeing 737 MAX 7, o Embraer E195-E2 e o Bombardier CS300.