A United Airlines finalizou 2018 com um lucro líquido acumulado de US$ 2,13 bilhões, após um bom crescimento da demanda no início do ano.

No mesmo período a companhia chegou a uma receita total de US$ 41,3 bilhões, um valor positivo para 2018, visto que obteve um crescimento de 9,33% em relação ao mesmo período de 2017.

“Entregamos evidências e não somente promessas em 2018, mesmo diante de um cenário adverso, como, por exemplo, custo de combustível mais elevado do que o esperado”, disse o CEO da United, Oscar Munoz.

O combustível em valor elevado minou boa parte dos lucros da United no 4º trimestre de 2018, apresentando uma queda de quase 20% em comparação com o mesmo período do ano anterior, enquanto a receita cresceu 11%. Apesar disso Oscar avalia o desempenho como um “sucesso do plano estratégico”.