A Ural Airlines, que protagonizou recentemente um incidente com um Airbus A321ceo, que pousou em um milharal poucos minutos após decolar, declarou oficialmente seus planos para a aeronave que está no local.

A companhia não pretende reutilizar qualquer parte da aeronave, e disse que está no momento em um procedimento de remoção da fuselagem do local, que inclui a destruição do corpo de metal no próprio local.

O combustível do A321 já foi removido, a aeronave pousou praticamente com combustível para realizar o voo de Moscou até Simferopol. A companhia também se encarregou de remover fluídos hidráulicos e cilindros de oxigênio.

O transporte da fuselagem em partes será realizada nesta próxima sexta-feira (23/08), através de uma operação que envolve até mesmo o policiamento de trânsito do local.

 

Via – FlightGlobal