Arte do F-15X da Boeing Foto: Boeing

A U.s Airforce está cada vez mais avançando nas negociações para aquisição da nova variante do F-15 Eagle, o F-15X.

A USAF chegou a publicar um pré-requisito no site de aquisições e compras do governo, mostrando o interesse em ter os caças F-15X, bem como um lote de seus motores, F-110.

Centro de Gerenciamento do Ciclo de Vida da Força Aérea pretende conceder outro contrato de ID / QI à General Electric Aviation “para fornecer sistemas de propulsão F110 para atender aos requisitos do sistema de armas F-15EX”, de acordo com a publicação do site Military.com, o prazo para seja enviado à fabricante Boeing é que até o dia 7 de Fevereiro.

Segundo a Boeing o novo caça terá melhores aviônicos, radares e poderá transportar mais de duas dúzias de mísseis ar-ar.

Com tudo o preço dos caças está sendo motivo de opiniões divergentes no Congresso dos EUA, isso porque em dezembro o Congresso fez uma ressalva a USAF limitando a força aérea adquirir apenas duas ao invés de oito caças, isso devido ao alto valor de  US $ 1,05 bilhão, para as oito aeronaves.

F-15X Foto: Boeing

“Dos fundos fornecidos na aquisição de aeronaves / Força Aérea para as seis aeronaves F-15EX restantes, não mais que US $ 64.800.000 para materiais de longo prazo podem ser obrigatórios até que o Secretário da Força Aérea envie um relatório”.

Com a chegada do novo F-15X a USAF espera manter por tempo uma força aérea mista entre caças de quarta geração e quinta geração, que incluem os caças furtivos F-35A e F-22 Raptor no patamar da 5º geração e na 4º geração (que inclui a 4º plus), caças F-16 Fightining Falcon, F-15 Stike Eagle e o A-10 Thunderbolt II para ataques ao solo.


A ideia central é que ao todo com o passar do tempo a USAF opere cerca de 72 caças F-15X, o que poderia modernizar a frota dos Eagle, isso porque os atuais F-15C já estão ficando obsoletos e devem ser aposentados em breve.

Fonte de apoio: Military.com/ Edição: Aeroflap

DEIXE UMA RESPOSTA