Caças F-15 chegando na Polônia. Foto: Ministério da Defesa Polonês.

Vinte caças F-15 Eagle/Strike Eagle e quatro caças F-16 Fighting Falcon da Força Aérea Americana (USAF) foram enviados às bases aéreas polonesas de Łask e Krzesiny na segunda-feira (19) para participar de um exercício de Agile Combat Employment (ACE) com a força aérea local. 

Os Eagles pertencem à 48º Ala de Caça, sediada na base de RAF Lakenheath, na Inglaterra, enquanto os F-16 do 480º Esquadrão de Caça vieram da Base Aérea de Spangdahlem, na Alemanha.

Além dos caças, foram enviados aviões C-130J Super Hercules do 37º Esquadrão de Transporte Aéreo da base de Ramstein, na Alemanha, a fim de prestar suporte à operação. De acordo com site The Aviationistos F-16 e F-15C foram para Krzesiny enquanto os Strike Eagle ficarão em Łask. Já os C-130 operarão a partir da Base Aérea de Chièvres, na Bélgica. 

Dentro do escopo do exercício, os militares da USAF vão operar com a a 2ª Ala de Aviação da Tática da Força Aérea Polonesa, treinando interoperabilidade, procedimentos conjuntos e treinamento de táticas de missão com caças F-16C/D e MiG-29 Fulcrum poloneses. 

Antes do início da operação, os pilotos da USAF farão voos de familiarização com o terreno, regras e procedimentos locais. Pelo menos duas surtidas diárias estão previstas, segundo o portal polonês Polska Zbrojna. 

F-15C Eagle pousando na Polônia. Foto: Paweł Nowak/EPKS Spotters via The Aviationist.

O Cpt. Michał Kolad, porta-voz da Base Aérea de Łask, falou ao portal que missões de defesa aérea, defesa de território, combate aéreo, ataque ao solo e reabastecimento em voo farão parte do exercício conjunto, sendo finalizado com missões COMAO (Composite Air Operations) apoiadas por aeronaves E-3 Sentry da OTAN. 

“As oportunidades de treinar ao lado de nossos aliados poloneses são incrivelmente valiosas e extremamente importantes. Isso nos permite aprimorar nossas habilidades de combate, construir relacionamentos duradouros e aprender a operar perfeitamente como uma força combinada”, disse o General Jeff Harrigian, comandante das Forças Aéreas da Europa e da África, em comunicado.

Um F-16C Fighting Falcon chegando para o exercício conjunto. Paweł Nowak/EPKS Spotters via The Aviationist.

O conceito de Agile Combat Employment (ACE) prevê o uso de operações ágeis para gerar poder aéreo resiliente em um ambiente contestado.

“O ACE é um esquema de manobra operacional proativo e reativo executado dentro dos cronogramas de ameaças para aumentar a capacidade de sobrevivência enquanto gera poder de combate”, explica a USAF. 

“As Forças Aéreas dos EUA na Europa e as Forças Aéreas da África estão operacionalizando os conceitos ACE para aumentar a agilidade, a resiliência e a letalidade em todas as operações aéreas.”

Um F-15E Strike Eagle pousando na Polônia. Foto: Ministério da Defesa Polonês.