Aeronaves KC-135 Stratotanker, KC-46 Pegasus e C-17 Globemaster III conduzindo um Elephant Walk na Base Aérea de Altus. Foto: Breanna Klemm/USAF.

Militares da Base Aérea de Altus, no estado americano de Oklahoma, conduziram, na última sexta-feira (02), um exercício de Elephant Walk com 29 aeronaves KC-135 Stratotanker, KC-46 Pegasus e C-17 Globemaster III.

O exercício realizado pelo pessoal da USAF (Força Aérea Americana) teve o objetivo de simular uma evacuação sob ameaça de emergência meteorológica, “testando a capacidade da base de realocar aeronaves antes de tempestades iminentes – algo que muitos consideram necessário devido à localização geográfica de Altus”, diz a USAF em comunicado. 

Em junho de 2020 os militares da base de Altus conduziram um exercício semelhante, empregando 24 aeronaves do mesmo modelo (dez KC-135, dez C-17 e quatro KC-46), também objetivando o treinamento de uma evacuação em massa. 

Aeronaves de transporte e reabastecimento da Base Aérea de Altus durante o treinamento. Foto: Rob Stephens/Redhome Aviation via The Aviationist.

O Major Curtis Sinewe, chefe de armas e táticas de ala do 97º Esquadrão de Suporte de Operações, diz que a 97ª Ala de Transporte Aéreo tem a capacidade única de mover um grande número de aeronaves em pouco tempo quando quiser. 

“A geração local de poder aéreo de combate a partir de uma única base representa uma capacidade estratégica significativa. Quando você tem a capacidade de lançar 29 aeronaves em quando quiser e executá-la como um profissionais da aviação, definitivamente é uma habilidade estratégica que poucos países possuem.”

O site The Aviationist explica que em exercícios de Elephant Walk, as aeronaves taxiam perto uma das outras — da mesma maneira que uma manada de elefantes — pouco antes de uma sequência de várias decolagens de intervalo mínimo. 

Além de treinar uma evacuação massiva, treinamentos desse tipo servem para adestrar e avaliar a prontidão de pilotos, mecânicos e demais técnicos e militares envolvidos nas operações, além de ser, também, uma demonstração de força.

Aviões de REVO KC-135 Stratotanker. Foto: Rob Stephens/Redhome Aviation via The Aviationist.
C-17 Globemaster III decolando durante o exercício. Foto: Rob Stephens/Redhome Aviation via The Aviationist.

No exercício realizado na sexta-feira foram empregados doze aviões KC-135, doze C-17 e cinco KC-46.