Foto - REUTERS/Benoit Tessier

Definitivamente correr sem gravidade não é uma boa ideia, é como fazer um esforço para nada, você não terá peso (lembre-se que peso é diferente de massa), e por isso o máximo que deve fazer é bater perna por aí, ou seguir a lei da inércia.

E foi mais ou menos isso que Usain Bolt fez recentemente. Não precisamos nem descrever esse atleta, o jamaicano é um dos maiores velocistas de todos os tempos.

Esse vídeo foi feito especialmente para a marca Mumm, em uma campanha publicitária, com a participação de dois astronautas franceses, que já acumulam experiência no espaço.

Veja no vídeo abaixo um pouco do efeito de correr com gravidade zero, algo que só é possível na Terra por causa de uma manobra Zero G em forma de parábolas, realizada por aviões específicos.

O custo de um voo desse é de aproximadamente R$ 15 mil pelos cinco minutos sem gravidade.